Português

Roberto César Pereira Lima Júnior

Roberto César Pereira Lima Júnior é graduado em Farmácia (2003), Mestre (2005) e Doutor (2008) em Farmacologia pela Universidade Federal do Ceará e pós-doutor pela Università degli Studi di Torino (Itália). Atualmente, é Professor Associado I de Farmacologia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará, pesquisador de nível 2 do CNPq, membro afiliado da Academia Brasileira de Ciências e coordenador do Laboratório de Farmacologia da Inflamação e do Câncer, Faculdade de Medicina (UFC, Brasil). Supervisiona estudantes de mestrado e doutorado no Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas do Departamento de Farmácia (UFC), no Programa de Pós-Graduação em Patologia do Departamento de Patologia e Medicina Legal (UFC) e no Programa de Pós-Graduação em Farmacologia do Departamento de Fisiologia e Farmacologia (UFC). Atuou como vice-coordenador do Programa de Pós-graduação em Ciências Farmacêuticas em 2017. O foco da pesquisa desenvolvida em seu laboratório envolve a patogênese das toxicidades relacionadas à quimioterapia do câncer, na qual já publicou mais de 70 artigos científicos. Uma das últimas contribuições nesta área diz respeito à descrição da cascata inflamatória envolvida na mucosite intestinal induzida pelo irinotecano e ao papel de células T regulatórias (Tregs), do óxido nítrico, interleucina-18, interleucina-33 e receptores Toll-like em tal doença. É Editor Chefe do Brazilian Journal of Medical and Biological Research e também atua como Revisor para vários outros periódicos, como Scientific Reports, Advanced Functional Materials, British Journal of Pharmacology, Journal of Physiology and Pharmacology e Cancer Chemotherapy and Pharmacology. É pesquisador e/ou coordenador de projetos de pesquisa aprovados por agências de fomento brasileiras, como PRONEX (FUNCAP/CNPq) e REBRATS (MCTI/CNPq/MS). É membro da Sociedade Brasileira de Inflamação (SBIN), da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e da Sociedade Brasileira de Farmacologia e Terapêutica Experimental (SBFTE), tendo atuado nesta última como membro do conselho fiscal (2015-2017) e diretor administrativo eleito (2018-2020). É líder do Grupo de Pesquisa do CNPQ chamado Núcleo de Estudos das Toxicidades do Tratamento Oncológico-UFC. Supervisionou 09 estudantes de Mestrado e 07 de doutorado. Atualmente, tem 02 estudantes de mestrado e 04 estudantes de doutorado sob supervisão. Áreas de interesse incluem Farmacologia, Inflamação e Câncer.

Texto obtido do CURRÍCULO LATTES do CNPq.