Português

Livro de gastroenterologia e hepatologia das Edições UFC é lançado no CREMEC

5 de agosto de 2019

Imagem: No lançamento, o reitor Henry Campos, com o livro, ladeado pelos editores Jesus Irajacy Fernandes da Costa, Armenio Aguiar dos Santos e José Milton de Castro Lima (Foto: Viktor Braga/UFC)Foi lançado, na noite da última sexta-feira (2), a segunda edição do livro Gastroenterologia e hepatologia: sintomas, sinais, diagnóstico, tratamento, editado pelos professores José Milton de Castro Lima, Jesus Irajacy Fernandes da Costa e Armenio Aguiar dos Santos, da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará. O evento ocorreu na sede do Conselho Regional de Medicina do Estado do Ceará (CREMEC) e reuniu docentes, pesquisadores e comunidade médica.

Publicada pelas Edições UFC, a obra possui mais de 1000 páginas, com 73 capítulos que tratam sobre boas práticas de abordagens de pacientes, diagnósticos e tratamento de doenças gastroenterológicas e hepatológicas. A produção do livro reuniu 174 colaboradores de diversas especialidades médicas, oriundos de todas as regiões brasileiras e inclusive do exterior. A leitura é recomendada a estudantes de graduação, residentes e pós-graduandos, bem como a clínicos e cirurgiões atuantes na área.

Na solenidade, a apresentação da obra ficou a cargo da médica e professora emérita da UFC Maria Helena Pitombeira, que ressaltou a qualidade do livro, por preencher um hiato nas bibliotecas e na bibliografia especializada. “Em Gastroenterologia e hepatologia, encontramos informações do que há de mais atual e moderno sobre o tema, como o estudo das hepatites virais B, C e D, que representam importante lugar nos estudos epidemiológicos atualmente”, afirmou.

Veja outras imagens do evento no Flickr da UFC

O Prof. José Milton de Castro Lima agradeceu a todos os presentes e aos colaboradores da obra, que, segundo ele, buscaram produzir um livro “o mais abrangente e com a visão mais integrativa possível”. O editor destacou ainda que a obra traz diversos estudos de caso em hospitais, clínicas e serviços de referência da área e, como compêndio, serve como fonte de consulta. “Precisamos trabalhar juntos, valorizar o outro, saber das nossas virtudes e, principalmente, reconhecer nossas limitações. E procurar, na medida do possível, associar-nos a colegas que possam somar e multiplicar e que tenham em comum promover o bem-estar coletivo”, declarou José Milton.

Imagem: O auditório do Conselho Regional de Medicina do Estado do Ceará ficou lotado de professores, pesquisadores e comunidade médica. (Foto: Viktor Braga/UFC)Segundo o vice-presidente da Federação Brasileira de Gastroenterologia (FBG), Francisco Sérgio de Paula Pessoa, o livro era como uma bíblia e se tornou um marco histórico da gastroenterologia cearense. “Lembrem-se, este livro foi produzido por professores e gestado no seio da UFC. Em tempos de turbulência e polêmica, este livro também é uma bandeira”, assegurou.

O reitor da Universidade Federal do Ceará, Henry Campos, também presente à cerimônia, recebeu um exemplar assinado pelos editores. Em breve discurso, ele elogiou a iniciativa e apoiou a produção de livros didáticos com a chancela da Instituição. “Quero falar em nome da alegria que temos por um livro dessa qualidade, lançado por professores da UFC. É um exemplo a ser seguido, e que venham mais outros livros, e que os colegas se juntem para fazer obras parecidas”, resumiu o reitor.

 

Mais informações estão no site das Edições UFC.

Créditos: Portal da UFC – notícias.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional da UFC – fone: (85) 3366 7331