Português

Pesquisadores do NPDM publicam artigo na capa da revista internacional “Epigenetics”

22 de outubro de 2019

Capa da revista EpigeneticsUm grupo de pesquisadores do Laboratório de Oncologia Experimental (LOE) do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos (NPDM) da Universidade Federal do Ceará publicou recentemente um artigo de revisão na capa da revista europeia Epigenetics, denominado “Epidrugs: targeting epigenetic marks in cancer treatment” (na tradução, “Epidrogas: A epigenética como alvo no tratamento do câncer”).

A publicação possui fator de impacto 4,17 e tem destaque internacional na área. Os cientistas, em busca de novas substâncias para o tratamento do câncer, têm investido em um promissor ramo da biologia molecular, a epigenética, com o suporte da geneticista e professora visitante da UFC, Cristiana Furtado.

O artigo, assinado pelos professores Cristiana Libardi Miranda Furtado, Cláudia do Ó Pessoa e Manoel Odorico de Moraes Filho, foi produzido em colaboração com Gilvan Pessoa Furtado (FIOCRUZ-CE) e os doutorandos Maria Claudia dos Santos Luciano, do Curso de Doutorado em Biotecnologia da Rede Nordeste de Biotecnologia (RENORBIO), e Renan da Silva Santos, do Programa de Pós-Graduação em Farmacologia da UFC.

O trabalho aborda as novas terapias com drogas epigenéticas ou epidrogas para o tratamento do câncer que têm como alvo mecanismos epigenéticos de controle da expressão gênica. Atualmente, os experimentos com as epidrogas no NPDM se encontram no estágio pré-clínico, utilizando modelo de células de câncer in vitro.

Conforme explica a Profª Cláudia do Ó Pessoa, o termo epigenética se origina do grego “epi”, significando “acima ou sobre” os genes, e contempla modificações no funcionamento dos genes humanos, em decorrência da influência de fatores ambientais e de hábitos de vida.

A alimentação, a falta de atividade física e a exposição à radiação ultravioleta e a agentes nocivos à saúde podem causar diversas doenças, dentre elas o câncer. Segundo a pesquisadora, as epidrogas têm o potencial de agir para restaurar o epigenoma de uma célula tumoral para a normalidade, o que pode representar um importante passo no tratamento do câncer.

“A divulgação científica em revista de alto fator de impacto traz grande visibilidade para o grupo que se torna conhecido na área, ainda mais se tratando de um artigo não experimental, cujo investimento foi intelectual, evidenciando a importância de formação profissional de alta qualidade. A revista europeia Epigenetics tem grande importância na área da genética e coloca a UFC em posição de destaque, confirmando a robustez e seriedade do trabalho desenvolvido pelos grupos da UFC”, conclui a Profª Cláudia.

 

Fonte: Profª Cláudia do Ó Pessoa, docente do Departamento de Fisiologia e Farmacologia e pesquisadora do Laboratório de Oncologia Experimental do NPDM da UFC – fone: (85) 3366 8255