Português

UFC inaugura Biotério do NPDM e reinaugura Biotério Central, com padrão internacional

12 de agosto de 2019

Imagem: Descerramento de placa do biotério do NPDMA Universidade Federal do Ceará conta agora com dois biotérios que seguem padrões de qualidade internacional. Na manhã desta segunda-feira (12), foi inaugurado o Biotério do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos (NPDM) e reinaugurado o Biotério Central. A solenidade foi realizada no auditório do NPDM e, em seguida, foram descerradas placas nas entradas dos prédios das duas unidades.

Na cerimônia de inauguração, o diretor do NPDM, Prof. Odorico de Moraes, lembrou a história da criação e de implementação do biotério na unidade, um desejo, segundo ele, que surgiu antes mesmo da construção do NPDM. “Hoje é um momento histórico para a UFC, para o NPDM, para o Ceará e para o Brasil, com a inauguração, agora, de biotérios dentro das normas especificadas internacionalmente”, comentou.

A diretora do Biotério Central, localizado no Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra, Profª Danielle Bezerra de Sousa, por sua vez, destacou que a reforma do local foi necessária para atender às boas práticas laboratoriais. “O prédio [do Biotério Central] foi criado em 1988 e começou a funcionar em 1992. Então, são vários anos de funcionamento sem nunca ter sido reformado”, observou, comentando que o setor também foi ampliado e recebeu novos equipamentos. Agora, para ela, a meta é conseguir a certificação internacional de qualidade.

Veja outras imagens dos eventos no Flickr da UFC

Imagem: Descerramento da placa do Biotério CentralO reitor da UFC, Prof. Henry Campos, destacou o compromisso que assumiu em garantir uma nova gestão dos biotérios. Em janeiro, a Universidade assinou um contrato com a empresa Biotec para gerenciamento dos dois biotérios. Durante dois anos, a empresa será responsável, por exemplo, por gerenciar a colônia de animais, fornecer insumos, manter estoque e os equipamentos e realizar o controle sanitário dos locais.

“Agora isso vai multiplicar e muito a capacidade de produção e de trabalhos de alto nível dos alunos. Para mim, é um dia histórico. Umas das maiores realizações desta gestão é a finalização desses dois biotérios”, celebrou.

Os biotérios são locais destinados à criação e à conservação de animais para, posteriormente, serem destinados às atividades de ensino, pesquisa e extensão. Possuem, em suas estruturas, salas como: recepção, manutenção, experimentação, necropsia, laboratórios de comportamento, locais para lavagem e esterilização, entre outros. A Universidade já recebeu 280 animais vindos dos Estados Unidos de acordo com os padrões de qualidade internacional, ou seja, livres de agentes patogênicos específicos.

Imagem: A cerimônia de inauguração dos biotérios contou com homenagem à Profª Maria da Guia, criadora do Biotério Central da UFC (Foto: Ribamar Neto/UFC)HOMENAGEM ‒ A cerimônia de inauguração dos biotérios contou com homenagem à Profª Maria da Guia, criadora do Biotério Central da UFC. Na ocasião, a professora emérita da UFC recebeu das mãos da Profª Danielle Sousa uma placa de homenagem. Ao agradecer, Maria da Guia deixou uma mensagem aos presentes: “Não esmoreçam. A gente precisa lutar porque nosso País precisa de uma estrutura de pesquisa científica sólida. Nosso trabalho científico é importante”.

Participaram também da mesa na solenidade de inauguração: o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Prof. Antonio Gomes de Souza Filho; a diretora da Faculdade de Medicina, Profª Valéria Goes; o representante do Banco Nacional do Desenvolvimento Social (BNDES), Aníbal Costa; e o diretor da Biotec, Luciano Foianesi.

 

Créditos: Portal da UFC – notícias.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional ‒ fone: (85) 3366 7331